27 de março de 2015

Sexta na mesa: Couve Flor Cheese



À partir dessa sexta teremos um colaborador na tag: Sexta na mesa \°/ . Não é um colaborador qualquer, tá? Não é porque é meu primo (apesar da insistência em me deprimir me chamando de tia rs), mas esse menino é muito talentoso!!!





Uma breve apresentação:
O nome dele é Guilherme Guerra (segue ele lá no instagram: @guerra_gui), ele está na faculdade cursando Publicidade. Há algum tempo se apaixonou por culinária e começou a estudar, tem feito cursos e praticado muito. Dessa paixão e dedicação nascem pratos deliciosos!!!!

Estou super feliz e te desejo todo o sucesso de todos os mundos!!!! Além de desejar que você faça mousse de chocolate com mais frequência : P


Couve Flor Cheese

Ingredientes:
1 couve flor
1 brócolis
Queijo parmesão – 100gr
Manteiga – 50gr
Farinha – 50gr
Leite – 500 ml
2 folhas de louro
2 rodelas de cebola
Baguette ou pão torrado
Noz moscada (a gosto)
Sal (a gosto)
Pimenta do Reino (a gosto)

 
Como fazer:

   Vamos começar pela infusão onde colocaremos um pouco dos sabores do alho e da cebola em rodelas no leite:

Em uma panela, deixe o leite com o louro e a cebola em fogo baixo durante uns 5 minutos (sem ferver).
 
 
 
 

Em outra panela, fogo médio, colocamos a manteiga. Deixe derreter e adicione a farinha, ficando em ponto de pasta. Nesse momento, sempre mexendo com um fuê, entraremos com o leite (sem louro e sem cebola) aos poucos. Deixe ir engrossando sempre mexendo.




Colocamos um pouco de parmesão ralado (50 gramas) e uma pitada de noz moscada ralada.
Cuidado com a noz moscada, se exagerar ela toma todo o gosto do molho bechamel.

 
Acerte o sal e a pimenta.
Não deixamos engrossar muito.
Adicione o brócolis cortado e deixe cozinhar no molho em fogo baixo e com a panela tampada.

O ponto é até o brócolis estar molinho.
 
 
 

 

Antes de passar o brócolis para o processador, trituramos algumas fatias de baguette ou pão torrado até o pronto de farinha e reservamos.
 
 

 Feito isso, passe o brócolis e o molho para um processador. Adicione um pouco de água, somente para não ficar muito grosso.
Triture tudo formando o creme de brócolis.




Corte os raminhos de couve flor e arrume em uma assadeira.





Derrame o creme por cima da couve flor, rale o queijo parmesão e coloque a farinha de baguette que deixamos reservada.





 
Coloque no forno por uma hora (180 graus).







Misturando os sabores e mesmo tendo o molho bechamel fica muito leve. Adoro essa receita por dar outra cara à couve flor e ao brócolis. Uma maneira de transformar dois vegetais do dia a dia com ingredientes que todos temos em casa.




20 de março de 2015

Sexta na mesa: Panquecas e arroz com brócolis.



Mais uma receita prática que eu adoro!!! Ainda não tenho feito receitas mais elaboradas, estou indo no básico mesmo. Além da preguiça que tenho de ir para a cozinha, estava com saudades da comidinha simples de casa. Então essa semana resolvi fazer panquecas e incrementar o arroz com brócolis. Receita rápida, fácil e que agrada quase todo mundo : )




Vamos lá:

Panquecas:

1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de leite
1 ovo
1 fio de azeite

Recheio:

Presunto a gosto (usei 2 fatias em cada panqueca)
Muçarela a gosto (usei 4 fatias em cada panqueca #exageradamodeon)
Molho de tomate a gosto
Queijo parmesão à gosto
Orégano a gosto


Modo de fazer:

- Bater todos os ingredientes no liquidificador ou no mixer até a massa ficar bem homogênea (ela fica bem líquida mesmo, não se assuste).
- Untar a frigideira (mesmo na frigideira antiaderente eu pingo uma gotinha de azeite e espalho com um pedaço de papel toalha).
- Despejar uma quantidade suficiente para cobrir o fundo da frigideira (eu faço no "olhômetro" mesmo, então a primeira geralmente não dá muito certo rsrs ou fica fina demais e quebra na hora de virar ou fica meio grossinha, maçuda).
- Esperar começar a soltar do fundo e quando estiver douradinha virar para dourar o outro lado.

Rende 6 panquecas médias.








 


 
 Depois de a massa ficar pronta adicionar o recheio e enrolar. Nessas eu usei presunto e muçarela, mas você pode rechear com o que quiser (carne moída, frango desfiado, atum...)
Para finalizar coloco um pouco de molho te tomates, orégano e queijo parmesão em lascas.


 
 
 

 
Para acompanhar fiz arroz com brócolis.
Fiz o arroz normalmente, cozinhei o brócolis e depois misturei os 2.


 
 
 

 

Prontinho:

 
 
Rápido, prático e delicioso!
 
 

17 de março de 2015

Mais um bronzer: Soleil Tan de Chanel



Estou me forçando a parar de trapacear no uso do protetor solar e os bronzers tem sido grandes aliados. Se pudesse eu continuaria pegando sol no rosto para sempre, adoro! Mas como nem tudo é perfeito tenho que escolher entre ficar com o rosto enrugado ou bronzeado pelo sol e escolho ficar sem rugas. Se não tem sol, o bronzer entra em ação. Tenho testado vários, muitos não me agradam, mas alguns tem me conquistado e o Soleil Tan de Chanel é um deles. Ele tem uma textura bem interessante! A Chanel define como um gel creme, mas eu acho que parece uma mousse mais consistente. O que eu acho mais legal é que em contato com a pele ele fica com textura de pó, mas sem deixar a pele "empoeirada", um acabamento bem bonito!






Descrição da Chanel:

Um gel-creme extremamente macio para um acabamento aveludado. Para um efeito natural de bronzeado, pode ser usado antes ou depois de sua base CHANEL habitual.

Resultado: Pele mate, bronzeada e viva.

Uma textura que mistura pó e gel enriquecida com ceras minerais para uma aplicação mais fluida. Pós minerais dão o efeito matificante.

Como usar:

Aplicar com pequenos toques, partindo do centro do rosto para o exterior e, em seguida, espalhar. SOLEIL TAN DE CHANEL, BASE BRONZEADORA UNIVERSAL, pode ser usada de maneira isolada ou junto com uma base de maior cobertura.




 
Na luz artificial:

 
 
 
Na luz natural:





Minha opinião:


A cor é bem natural, nada de laranja Valentino.
Ele é um pouco chatinho de espalhar, se não espalhar bem a pele fica meio manchada. Geralmente uso no rosto inteiro após a base e espalho com os dedos mesmo (aliás, os dedos são meus "pincéis" favoritos para uso de base).
Não é nada barato, mas rende horrooooooores! Então acho que vale o investimento.

Excelente bronzer! Cor natural e acabamento super sequinho.


Na escala Liga da Beleza do amor:

4.5 Starchilds




Só não ganhou 5 Starchilds por causa do preço salgadinho...


13 de março de 2015

Sexta na mesa: Espaguete com molho de anéis de lula.



Tenho uma preguiça enorme de ir para a cozinha e o resultado é que como muito mais na rua do que deveria, mas como não aguento mais passar a semana inteira comendo comida de restaurante, a única solução é fazer a minha própria comida. Meu marido agradece! Ele vive falando que é uma pena eu cozinhar quase nunca porque a minha comida é muito boa. E é mesmo!

Aproveito o momento para falar 2 coisinhas sobre mim: Além de ótima cozinheira sou suuuuuuuper modesta ☺☺☺

Já que estou nessa fase de usar meus dotes culinários, resolvi postar umas receitas aqui no blog. Então temos tag nova que irá ao ar às sextas feiras: Sexta na cozinha.

Para começar teremos Espaguete com molho de lulas. É super prático, rápido de preparar e fica uma delícia!!!!


Ingredientes:

500gr. de espaguete.
500gr. de anéis de Lula (comprei os anéis congelados prontos para uso no supermercado).
1/2 cebola média picada em pedaços pequenos.
3 tomates grandes cortados em cubinhos.
Cebolinha picada (a gosto).
Azeite (a gosto).


 





 


Modo de fazer:

- Ferva a água com um pouco de sal, coloque o macarrão e siga o tempo de cozimento (no caso da massa que eu usei o tempo é de 8 minutos).


Enquanto o macarrão estiver cozinhando:

- Em uma frigideira grande refogue a cebola até ficar macia.
- Acrescente o tomate e refogue até começar a soltar o "suco".
- Acrescente os anéis de lula (que devem cozinhar por uns 4, 5 minutos no máximo, mais do que isso ficarão borrachudos).
- Por último, a cebolinha (eu prefiro colocar no finalzinho de tudo para não ficar molenga demais).

Para finalizar:

Escorra o macarrão, coloque na frigideira onde foi feito o refogado e misture tudo.


 

 
 
Prontinho!!!

 
 
 
Coloquei um pouco de azeite (o azeite chileno Carozzi é uma delícia!) e lascas de queijo parmesão. Ficou bom demaaaaaais!!!
 






Receita deliciosa e descomplicada.


Primer nenhum faz efeito e base nenhuma fica com acabamento bonito? Eu pergunto: Você está em dia com a limpeza de pele?


Muitas pessoas pensam que primer e base farão mágica... Tchã nããããã! Pirlimpimpim e pele perfeita em minutos! Mas não é bem assim. Tem bases e primers ótimos no mercado, mas se a pele não estiver bem cuidada eles não poderão ajudar muito. Falo por experiência própria: Minha pele é oleosa, com uma forte tendência a ficar com os poros dilatados e se eu não cuidar muito bem dela não tem primer ou base de princesa que dê jeito.

Uma vez por  mês faço limpeza de pele e isso faz uma diferença absurda! Os poros ficam muito menos evidentes, a pele fica menos oleosa, mais viçosa e espinhas são raridade. No espaço de tempo entre uma e outra eu esfolio a pele em casa 2 vezes por semana, uso sabonete específico para a pele do rosto e, na maioria dos dias, uso o Clarisonic. Minha pele agradece! Com todos os cuidados que eu tenho muitos dias nem uso primer e o acabamento da base fica sempre bonito.





Achei um texto bacana que fala sobre a importância da limpeza de pele:

A importância da limpeza da pele não se resume à remoção de cravos e espinhas. Ela elimina a sujeira, controla o excesso de oleosidade, afina o extrato córneo, proporciona maior permeabilidade cutânea e retira o acúmulo de células mortas da camada córnea, o que favorece a hidratação e, consequentemente, previne o envelhecimento, além de deixar a pele saudável, com aparência mais jovem e limpa.

Antes de iniciar qualquer limpeza de pele, tratamento ou uso de cosméticos, é essencial que se tenha conhecimento do tipo de pele, pois as reações podem ocorrer, diferentemente, dependendo de cada tipo de pele. Pessoas com pele sensível ou alérgica, devem ter mais cuidado e evitar produtos que causam reações e realizar a trocar por outros. Para cada tipo de pele usa-se um determinado produto.

O profissional deve fazer avaliação minuciosa antes de iniciar o procedimento.
O maior cuidado com a limpeza de pele no verão é o sol. Após a limpeza de pele, evitar se expor ao sol por 48hs, mesmo com Fator de Proteção Solar (FPS). Após a limpeza de pele usar FPS de 45 a 60 a cada 4h no rosto. Ter o cuidado de escolher o FPS para cada tipo de pele: oleosa, mista, acneica ou sensível.
O prazo para a limpeza de pele, também deve obedecer ao tipo de pele: pele acneica a cada 20 dias, pele oleosa 30 dias, peles mistas de 45 a 60 dias.
A pele com ACNE requer maior paciência, persistência e disciplina no tratamento, pois, embora atinja também adultos, seus alvos prediletos são adolescentes, na fase da puberdade e o tratamento depende da forma da acne, sua intensidade e tipo de pele. Após o dermatologista ter diagnosticado o tipo de acne, ele prescreverá o tratamento e, com certeza, entre neste, uma limpeza de pele feita por um(a) esteticista.
Fonte: site corporalrj


Está há um tempão sem fazer limpeza de pele? Conselho de amiga: Assim que der, faça! Sua pele vai agradecer!

 

4 de março de 2015

Progressiva NUNCA mais!! A saga para ter meu cabelo cacheado natural de volta.



Meu cabelo é cacheado e eu vivia um caso de amor e ódio com ele, muito disso por não ter encontrado os produtos certos. Grande parte dos dias era de puro ódio mesmo... Resultado: Todos os dias eu prendia o cabelo ainda molhado e isso fazia com ele que ficasse super quebrado, principalmente na parte de cima da cabeça : ( Um belo dia resolvi fazer progressiva para tentar acabar com o meu drama, no início foi tudo lindo! Cabelo super fácil de tratar, lavava, secava ao vento e ele ficava liso sem ficar lambido e nada de frizz. Depois de um tempo comecei a perceber que todas as vezes que o efeito da progressiva começava a sair meu cabelo estava ficando cada vez mais esquisito, aí resolvi: Chega de progressiva!!! Beeeeeem, nesse momento começou meu drama! O cabelo começou a nascer cacheado, mas do meio para baixo estava podreeeeeeee! Nenhum produto no mundo dava jeito!

Vamos entender como meu cabelo estava e o resultado:






Cabelo maluco ativaaaar!! Uma coisa meio Valéria Bandida se une ao Urso do cabelo duro em uma revolta capilar (poxa, mas tinha que saber na minha cabeça?!) = Eu, novamente, usando o cabelo preso desde molhado  todos os dias durante quase 1 ano.


Tinha que fazer alguma coisa para fazer às pazes com meu cabelo e comecei a pesquisar loucamente em blogs, sites, youtube etc. Já estava procurando um cartaz: Trago seu cabelo cacheado amado em 7 dias... 

Em um primeiro momento me interessei pelo co-wash (para quem não sabe o que é co-wash tem um post explicando aqui), mas não é para mim e para quem lava o cabelo todos os dias. Fiz 2 dias e fiquei encucada de não estar lavando o couro cabeludo direito e parei (pavooooor de couro cabeludo e cabelo sujos, catinguinha na cabeça nem pensar!).

Precisava de produtos específicos para cabelos cacheados que fossem bons mesmooooooo! Depois de muito procurar me interessei pela linha Deva e descobri também que além de uma linha grande de produtos eles tem uma técnica de corte específica para cabelos cacheados, o DevaCut e aí veio a grande virada capilar!!! 

O que eu uso todos os dias, ma ordem de uso e uma explicação rápida:

Deva Shampoo No-Poo
 Lavo o cabelo massageando bem o couro cabeludo. 

Deva Condicionador One
 Aplico uma quantidade gigaaaaaaaante de condicionador, massageio bem, separo em camadas e espalho até sentir que o cabelo está bem hidratado. Enxaguo sem retirar tudo (observo a água do enxague e paro de remover com a água ainda "leitosa" (antes de a água ficar transparente). 


Dica preciosa, quem ainda não faz isso, comece a fazer e me agradeça depois ☺
Não enrolo o cabelo na toalha em hipótese alguma, senão é frizz na certa!  Isso vale para qualquer tipo de cabelo.


Deva Leave-in Set it Free
 Passo uma quantidade boa, mas sem empapar, só até eu sentir que está bem macio e que consegui passar no cabelo todo.

Deva Light Defining Gel
Para mim, o melhor produto de todos! Ele é o principal responsável pelos cachos ficarem bonitos.  Mas tem que passar com cuidado. Demorei até conseguir entender a quantidade certa para mim. Se colocar demais fica pesado, perde o volume e o resultado não é natural, se colocar menos do que deve fica sem muita forma e "inflado".  Não pode aplicar enfiando os dedos pelo cabelo como quando a gente está desembaraçando, tem que ser por seções, passando a mão por cima de cada seção. Vou tentar achar um vídeo que mostre para vocês poderem entender melhor...


Ah! Mais duas dicas importantes: 
- Tanto o leave-in quanto o gel tem que ser passados com o cabelo suuuuuper molhado, senão o resultado não será tão bom. 
- Se o cabelo estiver escorrendo e isso incomodar, pressione papel toalha para retirar o excesso de água. Toalha, nunca, jamais e em tempo algum, ok?


Como fotos valem mais que mil palavras:






Fotos péssimas, eu sei... São do celular, mas são as únicas que eu tenho. A segunda é bem recente, foi depois de eu clarear, coisa que eu estava doida para fazer, mas esperei até ele ficar mais saudável para aguentar o tranco do descolorante.

Ainda odeio tirar fotos, resquícios de um passado recente onde eu estava pesando algumas arrobas à mais e assunto para um outro post.